A Bandeira do Fora Temer Interessa Somente à Esquerda

estrategia-politica

Qualquer iniciativa dos movimentos de rua que venham, por erro de estratégia e falta de uma definição clara de pautas, abrir o flanco para bandeira do #ForaTemer significará cair numa armadilha que somente interessa à esquerda. Defender agora o fim do governo de Michel Temer é fazer exatamente o que a esquerda quer, pois afetará a economia do país lançando-o num ambiente de caos e insegurança que correspondem exatamente ao terreno propício para o discurso político da esquerda. 

Se existe junto a certos setores dos movimentos de rua a disposição para radicalizar, que seja uma radicalização inteligente, mirando na classe política na defesa de bandeiras que correspondam ao interesse da maioria da população brasileira e que jamais seriam abraçadas pela esquerda, a saber:

a) Apoio irrestrito à Lava-Jato e fim do foro privilegiado

b) Revogação do Estatuto do Desarmamento

c) Apoio ao projeto de lei da Escola Sem Partido

d) Combate ao ativismo judiciário, especialmente no STF

Não se faz enfrentamento ao movimento comunista globalista adotando estratégias de ação política baseadas no imediatismo e que venham a beneficiar mais à frente os interesses da esquerda. Se os movimentos de rua pretendem retomar algum protagonismo relevante na cena política nacional sem serem confundidos com a esquerda, isso não será feito por meio de pautas aguadas e ambíguas.

O único caminho para esse retomada do protagonismo é a definição de pautas claras que se distingam claramente daquelas da esquerda. E essas pautas hoje, ao contrário do que era no período do movimento pelo impeachment, somente podem ser pautas conservadoras e de direita, gostando-se ou não disso.

#CriticaNacional #TrueNews


290


 

 

Anúncios

5 comentários sobre “A Bandeira do Fora Temer Interessa Somente à Esquerda

  1. Perfeito!
    A pressão é tal que até o Ministro Ativista Barroso anda comentando o fim do foro privilegiado. Algo estranho para o perfil dele ( lembrando que durante o mensalão ele se esforcou para livrar a barra de muita gente ao discorrer egregiamente que não havia caracterização de quadrilha, além de esvaziar a teoria do conhecimento do fato, o que resultou em penas brandas e liberdade para alguns). Logo ele que há poucos dias se posicionou a favor da descriminalização da maconha, com possibilidades de fazê-lo também à cocaína.
    Outro ativista mais tímido, mas nem tanto, o Ministro Fachin, também começou a se posicionar mais veementemente. Será que isso já é sinal de algum efeito?
    Quanto mais formos às ruas, de preferência em grande número presencial, e reividicarmos essas pautas tão caras à verdadeira democracia e o republicanismo, melhor.
    Essa “casta” precisa entender que nós os elegemos; nós os tiramos. Prestam um serviço à sociedade e não aos seus interesses.

    Curtir

  2. Um lapso da minha parte, esqueci de questionar sobre a necessidade de banir as urnas eletrônicas. Um instrumento globalista e de domínio. Tanto é que em alguns países, que vinham se utilizando desse meio, ou abandonaram ou estão em vias de. Em tecnologia da informação, nesse mister, tudo é possível.
    Fica aqui, caro Paulo Eneas, a minha contribuição.

    Curtir

  3. Felizmente não vejo nenhum grupo conservador fazendo coro ao “Fora Temer” da extrema-esquerda.

    Está claro que o governo Temer é um mal necessário e com isso ganhamos tempo para nós organizarmos para 2018. Infelizmente ainda não temos um Partido conservador no Brasil e o Partido Militar Brasileiro (PMBr) só conta com a boa vontade de seus apoiadores, pois nem mesmo os Bolsonaro se movem para os ajudar.

    Considero isso um erro e como o autor do texto frisou não podemos ser imediatistas, erro que Jair Bolsonaro infelizmente está cometendo. Eduardo Bolsonaro já explicou que o PMBr não está homologado e mesmo se estivesse não teria acesso ao Fundo Partidário e tempo de TV em 2018, pois é necessário que hajam deputados federais eleitos pelo próprio Partido para acesso a esses recursos públicos.

    Entendo a posição dos Bolsonaro, mas se eles apoiassem a criação do PMBr fazendo eventos presenciais para coleta de fichas de apoiamento eles teriam uma força de apoio conservadora, ainda que continuassem em outro Partido.

    Curtir

    • Aproveitando o ensejo, o autor poderia tentar uma entrevista com o Capitão Augusto, líder do PMBr, para ele apresentar sua iniciativa aos conservadores por meio desse site.

      Curtir

  4. Vcs querem consertar o sistema que já está podre. Vamos então apoiar o Temer? Apoiar a classe politica pois é ela que vai salvar o país? Se é isso, Olavo de Carvalho não serviu de nada para vcs.

    Curtir

Comentário ao artigo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s