Fake News de Segurança Pública

nota-curta

Em meio à repercussão do que vem ocorrendo no estado do Espírito Santo, começou a circular na internet notícias falsas a respeito de paralisações de polícias militares e até mesmo sobre convocação de reservistas. Em uma dessas notícias, um suposto ofício do Comando da Polícia Militar do Rio de Janeiro informa que a corporação irá paralisar suas atividades na próxima quinta-feira.

Esse ofício é falso, o que pode ser observado até mesmo pelos erros grotescos de português contidos no documento. Se haverá ou não alguma situação excepcional envolvendo a Polícia Militar do Rio de Janeiro na próxima quinta-feira, ainda não sabemos. Mas de qualquer forma, o tal ofício que tem circulado informando de uma paralisação (que seria absolutamente ilegal) é falso.

Da mesma forma circulou hoje na internet um suposto ofício atribuído ao Comando da 4ª Região Militar convocando reservistas para se apresentarem aos quarteis “tendo em vista atos futuros de desordem social”. Uma fonte ligada ao setor nos assegurou que esse ofício também é falso. É preciso mais uma vez redobrar a atenção quanto a notícias falsas dessa natureza e sempre desconfiar de comunicados e avisos vindos de fontes não verificáveis.

#CriticaNacional #TrueNews


 

Anúncios

7 comentários sobre “Fake News de Segurança Pública

  1. O embuste das leis, constituição e blá blá blá pode ser perfeitamente percebido em incontáveis situações onde se escanacara a realidade e as tais leis a que o judiciário deve fazer cumprir e etc. e tal é só conversa para boi dormir e o que impera mesmo é A VONTADE da HIERARQUIA ESTATAL e, EM BENEFICIO da ORGANIZAÇÃO ESTADO, TUDO É REALIZADO INDEPENDENTEMENTE das LEIS ou de qualquer valor moral, ético ou legal. A única coisa que se faz realidade é o INTERESSE das CLASSES RECEBEDORAS de IMPOSTOS, sobretudo na ALTA HIERARQUIA.

    Constituição:

    – Todos são iguais perante a LEI. …que linda frase, não é? …mas a lei é igual para todos? …NÃO!!!

    – Professores podem fazer greve por mais de 6 (seis meses) e manter seus salários intactos, prejudicando alunos e familias. Afinal, PODER de greve lhes é concedido na lei.

    – Funcionários INÚTEIS do Estado, por serem INÚTEIS ao público, podem fazer greve a vontade sem prejuizo de remuneração ou tickets.

    – Transporte coletivo também pode entrar em greve e causar graves transtornos à população.

    – o Judiciário também pode entrear em greve sem perda de qualquer benefício e sem que possam ser sunstituídos.

    – Médicos também podem fazer greve, mas aí a lei exige que não seja plena e mantenham atendimento aos casos mais necessitados (mas os exames, operações, remédios raros e etc., que o Esatado deveria fornecer por becessidade ultima, falta pq não lhes é destinado recursos).

    – Mas os POLICIAIS NÃO PODEM ENTRAR EM GREVE.

    …MAS NÃO SÃO TODOS IGUAIS PERANTE A LEI??? …Pô!? …A LEI ESTABELECE DIFERENÇAS E DISCRIMINA INDIVÍDUOS!!!

    – Todos são iguias, mas o IMPOSTO É PROGRESSIVO, instituindo DISCRIMINAÇÃO LEGAL.

    Juizes ao interpretarem as leis ARBITRARIAMENTE e mesmo FRAUDUKLENTAMENTE, como ocorre no STF, favorecem amigos e perseguem inimigos. Tudo dentro da legalidade democrática.

    TUDO É EMBUSTE e a única coisa CERTA e INVARIAVEL é o atendimento AOS INTERESSES PECUNIÁRIOS e PRIVILÉGIOS da ALTA HIERARQUIA e seus escolhidos.

    E ninguém percebe que todo esse embuste estabelecido, onde arbitrariedades são democraticas visa EXCLUSIVAMENTE o INTERESSE das CLASSES ESTATAIS e seus agregados e esbirros.

    EIS o ESTADO!

    Curtir

  2. Os militares comandados por generais que prestaram vassalagem e juramento de fidelidade tanto a lula como á dilma, logo ao PT e PC do B, são moralmente superiores aos civis e á Policia militar?
    Não sabia.

    Curtir

Comentário ao artigo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s