Rodrigo Maia Atacou as Redes Sociais: Ele Merece Uma Resposta à Altura


Em seu pronunciamento no dia em que foi eleito presidente da Câmara dos Deputados, o deputado Rodrigo Maia fez um ataque desmedido às redes sociais, afirmando que essas representam uma ameaça à democracia representativa. O deputado é um mentiroso, e mostrou que sua ausência de escrúpulos é de tal ordem que o leva a atacar e condenar sem motivo algum a sociedade civil, quando esta exerce seu direito constitucional de livre expressão de pensamento.

O deputado deveria saber que o exercício da liberdade de expressão sem a tutela do estado e da classe política possibilitado pelas redes sociais jamais representa uma ameaça à democracia. A verdadeira ameaça à democracia vem da própria classe política da qual o deputado faz parte, quando esta classe se corrompe e passa a defender interesses escusos que não correspondem em nada aos reais interesses e necessidades da população. 

A verdadeira ameaça à democracia representativa vem do interior do próprio parlamento, quando este passa a legislar em causa próprio, por meio da aprovação de medidas que, sob pretexto de combater supostos abusos de autoridade, visam na verdade blindar e proteger essa mesma classe política dos crimes de corrupção que a maioria de seus integrantes comete.

A ameaça à democracia está na subserviência e submissão do parlamento ao ativismo judiciário, quando este mesmo parlamento não tem dignidade nem altivez o bastante para reagir às medidas inconstitucionais que poder judiciário adota quando este toma para si a tarefa de legislar, que não lhe cabe, e quando interfere na independência dos três poderes da república, promovendo insegurança jurídica e desviando-se de sua função precípua de guardião do texto constitucional.


286


Rodrigo Maia chama a sociedade civil de mentirosa e ameaça a liberdade de expressão
Em outro trecho de seu medíocre e revelador pronunciamento, Rodrigo Maia diz que o parlamento precisa encontrar meios para fazer frente ao que ele chama de mentiras contra a casa, taxando assim de mentirosos os milhões de brasileiros que usam as redes sociais para exercer sua liberdade de expressão e criticar um dos parlamentos mais caros, ineficientes e corruptos do mundo.

Por fim, o deputado arremata com uma fala obscura e confusa, dando a entender a intenção de fazer o parlamento reagir ao que ele chama de mentiras dos brasileiros que usam as redes sociais, insinuando uma ideia similar a de censura ou cerceamento à liberdade de expressão. O deputado deveria ter a obrigação de saber que a liberdade de expressão é um direito fundamental assegurado em cláusula pétrea da Constituição Federal, e que qualquer tentativa de restringir esse direito constitui-se em crime.

Rodrigo Maia é um político medíocre, que somente ocupa a posição em que se encontra devido a arranjos de conveniência promovidos entre a parcela da classe política envolvida com a Lava Jato e a necessidade objetiva do governo de Michel Temer de formar uma base que lhe assegure a aprovação das reformas e das medidas econômicas necessárias ao país.

Não fosse esse conjunto de circunstâncias, um político medíocre e inexpressivo como ele jamais ocuparia tal cargo. Por fim, é a presença de Rodrigo Maia na chefia da Câmara dos Deputados que pode sim representar uma ameaça à democracia, além de ser expressão da mediocridade da classe política brasileira.

#CN #CriticaNacional #TrueNews


 

Anúncios

12 comentários sobre “Rodrigo Maia Atacou as Redes Sociais: Ele Merece Uma Resposta à Altura

  1. Não só a ele como a mídia corporativa brasileira, essa união de políticos por si contra o povo.
    Está hegemonia esquedista, essa união islã esquerda chegando de mansinho no Brasil se não o fizer -mos agora maior se tornará o monstro depois.
    Devemos sim fazê-lo recinhecer seu lugar!!!

    Curtir

    • Não sei porque este oportunista lembra-me sempre seu pai César Maia administrando a cidade quando foi prefeito detrás de um laptop, e o seu sogro Moreira Franco o qual vinculado a uma tal de Parceria Pública de Investimento que nunca sai do papel.

      Curtir

  2. Todo bandido não gosta de ouvir a verdade. As redes sociais mostram exatamente o quão baixo é o nível dos políticos brasileiros. Felizmente 2018 vem aí e vamos acabar com o foro privilegiado dessa quadrilha.

    Curtir

  3. Meu caro nada do que estes (,) parlamentares dizem me surpreende ou acho que seja fala errônea, ele claramente diz que vão censurar as redes sociais, já está na hora da população como um todo voltar para as ruas, principalmente em São Paulo e para o país exigindo a retomada do poder e a retirada de todos do executivo, legislativo e principalmente do judiciário, pois no judiciário que reside uma grande gama de comunistas, pois se eles estavam cometendo crimes, mudando leis para proveito próprio, só o fizeram com o conluio do judiciário. Não se engane vocês acham que os conservadores dormiram nos últimos 30 anos, eu acho que os conservadores foram extintos há 127 anos com a queda do império, o que vimos até hoje foram comunistas travestidos de conservadores ou de direita.
    Ou acham que o fato da educação brasileira vim sendo deturpada e relativizada é somente coincidência?
    O problema foi que os comunistas desta geração estavam ávidos demais para tomar o poder.
    Precisamos montar contra medidas para nossa retomada do poder, principalmente agora, não podemos mais esperar pelos militares, nem nenhuma suposta elite intelectual conservadora, ela não existe, nós o povo temos que nos instruir e crescer na luta policita enquanto lutamos nesta guerra desigual, pois eles detêm o poder e o dinheiro.

    Curtir

  4. Na verdade ele queria mesmo é falar que OS ELEITORES representam uma ameaça a democracia “representativa”.

    O embuste da tal Democracia é exatamente a tal representatividade. Tal tolice se deu exatamente para obscurecer a questão. Afinal, em tese, os eleitos são eleitos para administrar o país e não para representar ninguém.
    Um empresário quando “elege” empregados não se considera representado por eles, mas apenas deseja que eles cumpram com as tarefas que lhe foram designadas para que a empresa cumpra seu papel e propsere.

    Se o “REI SOL”, Luis XIV, a certa feita declarou “O Estado sou eu” ( “L’Etat c’est moi” ) para enfatizar seu ABSOLUTISMO, não surpreende que canalhas da laia deste leitão cevado desde sempre com dinheiro expropriado do suor de quem trabalha e produz, acredite que os tais políticos, ditos representantes do povo, se intitulem: ” O POVO SOMOS NÓS”. Persistindo em seus conchavos e acordos lesivos aos NEO SERVOS que são forçados a trabalhar para que os NEO SENHORES lhes permita viver até com conforto.

    Eis aí o que tenho comentado ha décadas!

    A tal democracia foi apenas um ARDIL para MANIPULAR o tal de povo. Pois que em nome da tal Democracia todos se esqueceram de EXIGIR o seu DIREITOà LIBERDADE.

    Não foi por acaso que induziram a que a massa CONFUNDISSE LIBERDADE com DEMOCRACIA.

    Veja que jornais, TVs e toda e qualquer forma de comunicação oficial se refere apenas à Democracia em absoluto detrimento da palavra Liberdade. A democracia afaga o narcisismo popular o convencer os tolos de que os eleitos são os representantes e por tal o próprio povo. Segundo a tal democracia. A idéia de Liberdade esta morrendo e mais algumaas décadas ela pode ser apenas um verbete morto do idioma. O tal de povo sente-se PAVONEADO quando estes espertalhões dizem que “todo poder emana do povo”, mas a verdade é que “TODO PODER EXPLORA o POVO” ou “TODO PODER MANDA NO POVO”.

    Ressalte-se que somados os votos de todos os eleitos estes não correspondem a totalidade dos eleitores e SOBRETUDO as LEIS e canalhices votadas NÃO SÃO INSTITUÍDAS POR VOTOS MAJORITÁRIOS.
    O congresso se elege APENAS com uma parte, talvez meinoritária, dos eleitores. Muitos dos votos dados NÃO ELEGEM os ditos “REPRESENTANTES”, mas são os eleitos (com votos inferiores à metade dos eleitores) que ARBITRAM LEIS e toda sorte de ORDENS à SOCIEDADE.

    Democracia e Liberdade NÃO SÃO A MESMA COISA.

    Sob Pinochet no Chile havia mais Liberdade para a sociedado do que, por exemplo, na maioria dos paises ditos democráticos. E Pinochet entregou um país em franca prosperidade, o melhor da América Latina, até com um sistema de aposentadoria que deu certo, ressalte-se.

    “Cria corvos e eles te comerão os olhos”

    O povo se pavoneia com a idéia de que mandam nos pulhas que lhes pedem votos e crê-se importante. Quanta estupidez confundir Liberdade com Democracia …hehehe!

    Curtir

  5. Rodrigo mais filho de vadia ninguém fala mau dá instituição que entrou em fase de degradação as instituições virou indigência institucional vcs não vcs são bandidos em fase de decomposição indigentes dá república GOLPISTA de merda

    Curtir

  6. É absolutamente RIDÍCULO que os corruptos persistam fazendo as leis para si mesmos.

    É surreal que a tal democracia justifique tal aberração:
    – os acusados fazem as leis,
    – determinam que apenas um ditador (PGR) os possa denunciar e orientar a denuncia (mal feita e parcial os salva)
    – e ainda escolhem os únicos juizes que poderão julga-los.

    …apesar disso, após denunciados, segundo suas leis, continuam em seus cargos de poder fazendo leis e escolhendo crápulas do próprio naipe para ocupar a alta hierarquia estatal.

    Aliás, fazem leis que IMPEDEM a constatação da verdade, dando aos RÉUS o PRIVILÉGIO de não precisarem prestar esclarecimentos e com isso entrarem em contradições incriminadoras (o direito de ficar calado sem que isso indique culpa). Dizem ser isto um direito de NÃO DAR PROVA CONTRA SI MESMO. Direito NÃO, isso é um PRIVILÉGIO LEGAL do interesse dos BANDIDOS.

    Tanto é assim que esses mesmos legisladores tornaram LEI a CONDENAÇÃO de QUEM NÃO FAZ o TESTE do BAFÔMETRO. Neste caso não vale o “não dar prova contra si”, mesmo que esteja dirigindo perfeitamente bem após beber uma latinha de cerveja ou comer um bombom de licor.

    ..tenho postado comentário em DEFESA do POLÍGRAFO para réus e testemunhas com filmagem pública da calibração do aparelho.

    Quanto isso não baratearia o custo das investigações e SOBRETUDO traria a VERDADE à TONA.

    ..mas para a justiSSa baseada na lei e não no fatos, a verdade comprovada seria uma injustiça e todos os culpados (ou qse todos, que seja) seriam punidos e os INOCENTES SERIAM ABSOLVIDOS.

    …mas para a JUSTISSA LEGAL a VERDADE É UMA INJUSTIÇA contra os criminosos e somente favoreceria os INOCENTES …justiça legal …CUISP!!!

    Curtir

Comentário ao artigo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s