Venezuela: Ditadura Islâmico-Socialista Coloca Tropas nas Ruas

273


O regime de ditadura islâmico-socialista-narcotraficante de Tareck El Aissami,  o homem que governa de facto a Venezuela desde quando o parlamento do país destituiu formalmente Nicolás Maduro do cargo de presidente há poucas semanas, mandou colocar as tropas do Exército e da Guarda Nacional Bolivariana nas ruas de Caracas nessa segunda-feira, em resposta à manifestação oposicionista programada para hoje na capital venezuelana. A manifestação foi chamada pela oposição socialdemocrata, que controla a maioria do parlamento do país, e tem como pauta de reivindicação principal a convocação de eleições.

A pauta da manifestação evidentemente não corresponde às necessidades da luta política no país, uma vez que a ditadura venezuelana transita, ao menos nesse momento, do socialismo em direção a um regime com laços cada vez mais estreitos com o terrorismo islâmico: Tareck El Aissami, além de ser homem de estrita confiança do regime cubano, tem ligações comprovadas pelos serviços de inteligência americanos com o narcotráfico e com o grupo terrorista Hezbollah e com o teocracia muçulmana de Teerã.

Além da repressão à manifestação por meio das tropas militares e da polícia nacional, o regime de ditadura conta com o apoio de milícias armadas para reprimir e perseguir a população. Essa milícias são os chamados coletivos, versão venezuelana dos chamados movimentos sociais conhecidos aqui em nosso país, e que durante a era chavista transformaram-se em forças paramilitares encarregadas de atemorizar a população e perseguir opositores. Seus integrantes em geral se deslocam de motocicletas e armados.

Mais tarde traremos outras informações mais detalhadas sobre a Venezuela e sobre o desenrolar da manifestação programada para essa segunda-feira. Informaremos também sobre a nova medida do regime de ditadura, que está obrigando as pessoas se filiar ao partido comunista que governa o país, formalmente chamado o PSUV, para ter direito a receber a caderneta de racionamento de alimentos distribuída pelo governo.

Com informações fornecidas de Emma Sarpentier, ativista e correspondente do Crítica Nacional em Caracas, Venezuela.


 

Anúncios

5 comentários sobre “Venezuela: Ditadura Islâmico-Socialista Coloca Tropas nas Ruas

  1. Pingback: Venezuela: Ditadura Islâmico-Socialista Coloca Tropas nas Ruas | Veja Isso

  2. E por aqui um silêncio ensurdecedor da imprensa lixo.
    Nenhuma linha de desaprovação por parte da ONU e OEA . É vergonhoso e imoral.

    Curtir

  3. Islamismo e socialismo são antagônicos meu camarada. Em um estado teocrático não há outra ideologia que não seja seu “livro sagrado” e seus guias…
    Vamos deixar de sermos comedores de carniças midiáticas.

    Curtir

    • Existem VÁRIOS projetos de dominação global, como por exemplo o Califado Global e o projeto Russo-chinês. Muitas vezes eles cooperam e colidem entre si numa dinâmica difícil de mapear.

      Curtir

  4. Pingback: GOOGLELEX

Comentário ao artigo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s