Exclusivo: Rede de Televisão CNN Sugere Assassinato de Donald Trump no Dia da Posse

Em uma demonstração de que  a esquerda globalista internacional não mede esforços nem estabelece limites em sua decisão de não aceitar a derrota que lhe foi imposta por Donald Trump nas eleições americanas do ano passado, a Rede de Televisão CNN levou ao ar essa semana uma pseudo-reportagem que na verdade não passa de uma incitação ao crime: a reportagem simplesmente sugere, e na verdade estimula e incita,  que Donald Trump e seu vice sejam assassinados no dia da posse.

Sob pretexto de conjecturar a respeito da linha sucessória da presidência dos Estados Unidos em situações excepcionais, e alegando razões de segurança nacional que remetem ao tempo da guerra fria, a emissora escalou um suposto especialista que foi escolhido convenientemente para dizer que: se Donald Trump e seu vice forem assassinados até em torno de doze horas do dia posse, a presidência dos Estados Unidos será ocupada por uma pessoa indicada por Barack Obama. 

Essa pseudo-reportagem foi, até agora, a mais explícita e descarada tentativa dos globalistas e seus agentes de impedir a qualquer custo que Donald Trump tome posse como presidente dos Estados Unidos. E a fórmula sugerida é simples: basta que o presidente e seu vice sejam assassinados, para que o presidência dos Estados Unidos permaneça nas mãos dos globalistas, por meio de um preposto indicado diretamente por  Barack Obama. A CNN até mesmo lembra o momento certo para o cometimento desse crime: até em torno de doze horas dessa sexta-feira.

Os comunistas-globalistas norte-americanos têm se empenhado para impedir que o poder escape de suas mãos. Esse empenho incluiu até mesmo a possibilidade de entrar em guerra com a Rússia. Além disso, celebridades e outras figuras públicas da elite esquerdista do país apelaram ao presidente Barack Obama para que esse declarasse Lei Marcial, para também impedir a posse de Donald Trump. E movimentos de esquerda ameaçam criar tumultos e confrontos em Washington nessa sexta-feira para inviabilizar a transferência de cargo.  Mas o mais surpreendente foi a incitação e conclamação ao crime que a Rede CNN promoveu em sua pseudo-reportagem.

Esses fatos servem para dar uma dimensão exata do significado da vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais americanas. Conforme já estamos afirmando aqui no Crítica Nacional desde o final das eleições, a vitória de Donald Trump representou uma derrota sem precedentes do movimento globalista-esquerdista internacional. E as atitudes desesperadoras e criminosas que seus agentes têm tomado, como a incitação ao crime de assassinato por parte da Rede CNN são uma demonstração inequívoca do desespero desses globalistas ante essa derrota.



Nota:
Nessa sexta-feira o Crítica Nacional irá fazer o acompanhamento em tempo real da posse de Donald Trump na presidência dos Estados Unidos. Procuraremos abordar, dentro de nossas possibilidades, fatos  e episódios relevantes do dia da posse que seguramente não serão retratados pela grande imprensa nacional. Imprensa essa que estará preocupada unicamente em atacar e combater o novo presidente americano, cuja vitória eleitoral representou uma dura derrota da esquerda globalista internacional, da qual essa  mesma grande imprensa é uma porta-voz servil e obediente. Acompanhe o Crítica Nacional ao longo dessa sexta-feira histórica!


265


 

 

Anúncios

Um comentário sobre “Exclusivo: Rede de Televisão CNN Sugere Assassinato de Donald Trump no Dia da Posse

Comentário ao artigo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s