Manifestação de 4 de Dezembro: A Resposta da Nação Contra a Classe Política Corrupta

 

No decorrer desta semana, a Câmara dos Deputados votou um conjunto de medidas que evidencia o completo descolamento existente entre a classe política de um lado e o conjunto da população de outro. Os deputados se encarregaram de transformar o projeto original das Dez Medidas Contra Corrupção em um monstrengo jurídico que, se colocado em vigor, tornará a corrupção praticada por agentes públicos virtualmente inimputável, uma vez que as medidas votadas impõem restrições e constrangimentos legais a juízes e promotores para a investigação de crimes cometidos por agentes públicos detentores de cargos eletivos.

O Crítica Nacional se posicionou contra o projeto original da Dez Medidas desde a sua origem por uma série de razões: desde a inadequação de seu conteúdo até a patente falta de habilidade política expressa pela crença ingênua de que o parlamento fosse aprovar um conjunto de medidas que tinham como objetivo combater práticas cujos principais beneficiários são justamente os integrantes desse mesmo parlamento. Não mudamos de opinião em relação ao projeto original, mas entendemos que do ponto de vista político a questão que realmente importa agora é outra.

Nesse momento pouco importa a opinião que se possa ter a respeito do projeto original das Dez Medidas, até porque esse projeto original não existe mais para todos os fins que interessam. O que existe de fato é um conjunto de medidas aprovadas pelos deputados destinadas unicamente a blindar a classe política em relação aos crimes que ela comete. Cabe agora à sociedade civil organizada exigir do Senado que rejeite essas medidas originárias da Câmara. E essa exigência será uma das bandeiras das Manifestações de 4 de Dezembro que serão realizadas em diversas cidades do país nesse domingo.

Não faz sentido falar em democracia ou normalidade institucional quando mais da metade dos integrantes do parlamento do país não estão preocupados com  a opinião pública, mas sim preocupados em não serem presos. É contra essa realidade de deterioração moral irreversível das instituições que a sociedade civil deverá ir às ruas nesse domingo. Ir às ruas para dizer que não aceitamos ser representados por bandidos.

A população irá às ruas para dizer que não aceita que a suprema corte do país extrapole suas funções e aprove resoluções, como no caso do aborto, que são contrárias à índole ética e moral da maioria dos brasileiros. Ir às ruas nesse domingo significa sair em defesa da cidadania e da legalidade, e se posicionar contra uma classe política corrupta que, aliada às forças políticas de esquerda, produziram os maiores crimes contra a nação ao longo de sua história. 


 

 

 

 

 

Anúncios

2 comentários sobre “Manifestação de 4 de Dezembro: A Resposta da Nação Contra a Classe Política Corrupta

  1. Pingback: lde-20161203 | News Archive

Comentário ao artigo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s