Confirmado: Ataque Terrorista Muçulmano na Universidade de Ohio

O ataque ocorrido na Universidade de Ohio, Estados Unidos, na manhã desta segunda-feira e que produziu onze vítimas, foi um ato de terrorismo praticado por um refugiado muçulmano de origem somali que vivia legalmente no país há cerca de dois anos. O criminoso se chamava Abdul Razaq Ali Artan, um muçulmano de dezoito ano originário da Somália. Adbul era aluno regular da Universidade e desfrutava de benefícios e oportunidades que ele jamais teria em nenhum país muçulmano, inclusive o de poder estudar em uma universidade de prestígio como a Universidade Estadual de Ohio.

A despeito de sua condição privilegiada, o compromisso do suposto refugiado com a ideologia da morte representada pelo islamismo o levou a cometer um ato de terrorismo com a frieza e a covardia cruel típicas de um muçulmano: ele lançou  um carro contra um aglomerado de pessoas que escapam de um prédio devido a suspeita de incêndio e atropelou-as. Em seguida ele saiu do veículo e começou a esfaquear os feridos, que estavam incapacitados de se defender. A rapidez da ação da polícia, que abateu o terrorista no momento da ação, impediu que a tragédia fosse de proporções maiores.

Logo após o ataque, o Crítica Nacional antecipou que havia grande probabilidade de se tratar de um ato de terrorismo muçulmano, conforme se pode ver nesse link aqui. Algumas horas depois, as autoridades policiais locais confirmaram nossa suspeita. E nossa suspeita não se baseou em conjectura infundada, mas sim unicamente na natureza do ataque, similar aos que ocorrem em Israel, e pelo nosso entendimento de que existe uma incompatibilidade civilizacional entre o islã e o mundo ocidental.

Esta incompatibilidade evidencia a falácia do multiculturalismo e a necessidade de a civilização ocidental fazer uma escolha: ou a civilização ocidental escolhe continuar vivendo ou escolhe permitir-se ser destruída aos poucos por dentro, acolhendo muçulmanos que estão determinados a destruir essa civilização que os acolhe, como determina o alcorão. A esquerda marxista vem induzindo o ocidente, por meio do marxismo cultural, a fazer a segunda escolha. Cabe à direita conservadora ser capaz de convencer a civilização ocidental que a escolha mais inteligente a fazer é a de continuar vivendo.


231

O terrorista muçulmano somali que decidiu matar os cidadãos do país que o acolheu.

 

3 comentários sobre “Confirmado: Ataque Terrorista Muçulmano na Universidade de Ohio

  1. Prezados amigos,

    Desculpem-me , mas estamos sob ataque também.

    Visitem o blog da “Mônica Bérgamo dos Tucanos”, Reinaldo Azevedo, e pasmem: agora o cara pirou de vez e quer que haja boicote ás manifestações de rua marcadas para o próximo domingo. Leiam, lá, as imbecilidades que ele escreve sob o título que segue abaixo

    “Ninguém tem o direito de achar que pode haver anistia. É impossível! Marchar contra políticos é uma má escolha.”

    Curtir

  2. Com 18 anos é um jovem confuso incapaz de perceber que possuía uma condição bastante privilegiada que mesmo muitos jovens americanos ambicionam. Um jovem confuso que fez besteira como hoje tantos fizeram em Brasília.

    Curtir

  3. Na Somália só tem bárbaros, não tem nenhum civil naquela porra, por mim bombardeia logo aquele pedaço do inferno na Terra. #Bombtheshitoutofthem

    Curtir

Comentário ao artigo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s