Palestra: O Brasil no Novo Cenário Geopolítico Contemporâneo

Na próxima quinta-feira, dia 17 de Novembro, o editor do Crítica Nacional dará uma palestra na cidade de Santo André abordando o tema Geopolítica Contemporânea: O Brasil no contexto dos grandes esquemas de poder que dominam o mundo. As inscrições para participar podem ser feitas gratuitamente nesse link aqui. A página de evento no facebook contém outras informações adicionais. Participe!

Palestra: O Brasil no Novo Cenário Geopolítico Contemporâneo
Dia 17 de Novembro, quinta-feira, às 20hs.
Local: Espaço WorkTogether:
Rua dos Coqueiros 1400. Bairro Campestre. Santo André – SP


226


 

Um comentário sobre “Palestra: O Brasil no Novo Cenário Geopolítico Contemporâneo

  1. Um artigo magnífico:
    http://mariosanchezs.blogspot.com.br/2016/11/repetindo-vamos-proclamar-nosso.html

    DESTACANDO conclusão magnífica:

    “E não é que não estejamos vendo quem nos escraviza! Estamos vendo uma borra concentrada da pior laia da própria espécie, uns 0,03% da raça humana, como autores e executantes dessa escravização MEDIANTE A MOTIVAÇAO A TODOS PARA ESCRAVIZARE”

    – Essa é a ESSÊNCIA dos JOGOS:
    Todos jogam na esperança de GANHAREM dos demais e, podendo, exigem que joguem. Assim a banca sempre ganha. Há um jogo da modalidade RONDA (aplicado por psicologosa grupos) que pode mostrar bem isso, pois a banca só perde se todos se contentarem com pequeno ganho, mas com a opção de ganhar muito de todos se TRAIREM os demais jogadores.

    Os jogadores viviados, se pudessem, obrigariam todos os demais a jogarem. Sob um santo apelo democratico. Afirmando que a obrigação de todos jogarem seria justa, pois que dando a todos o direito de ganharem muito no jogo. É exatamente assim que os SENHORES dos POVOS fazem para DOMINAR e EEXPLORAR polpulações: oferecem aos seus seguidores e demais canalhas uma oportunidade democrática de imporem suas meras MANIAS psicóticas e AMBIÇÕES materiais aos demais. Com isso AMARRAM no LOMBO dos JUMENTOS A CENOURA que ETERNAMENTE TENTARÃO MORDER, sendo assim explorados e viliopendiados pelos espertos DONOS do PODER.

    “DOGMAS DO BOLCHEVISMO FEUDAL
    1. Todo acúmulo de valores é criminoso e deve ser expropriado.
    2. A Vanguarda recebe o voto da maioria uma vez, torna-se dona dos que aprovaram (maioria) e dos que se opuseram (minorias). E nunca mais devem sair do poder revezando-se os chefões mais atrevidos. Quando eleitos, mesmo com fraude e propaganda enganosa, alegam direito de maiorias e quando perdem a maioria, metem-se a depredar alegando direito das minorias…
    3. Votação por maioria será feita em tudo que se referir a setores menores do Estado. Para tomar tempo e atenção dos escravizados.
    4. Todos os súditos são escravos desse Estado que pode fazer deles o que quiser – convocar pra guerra, nomear, desnomear, encarcerar, matar, etc.
    5. Mentira, fraude, violência, podem ser usadas sem constituir crime desde que tenham por fim manter e ampliar o domínio pela sua ideologia.
    6. Não se reconhece mérito nem conhecimento, nem se exige capacidade para exercer função nesse estado, bastando obedecer aos mandantes.
    É ASSIM QUE
    A espécie humana tem um paraíso de ordem exterior e interior sem limites. A beleza das pedrarias e dos metais, das possibilidades infinitas de saúde, odor e sabor da riqueza vegetal, do ar, do mar, das pradarias, dos mares, dos rios e das montanhas, e da ecologia dos animais, peixes, pássaros e microrganismos, tudo isso somado às infinitas formas de criatividade e aprofundamentos de conhecimentos, faz deste planeta uma vertigem de sonhos e atividades realizantes.

    Entretanto, uma palavra só, empesteia tudo – ESCRAVAGISMO.
    O ser humano está desde sua feitura como transgênico a serviço de invasores espúrios de nosso mundo, criado, dirigido, educado, chicoteado, massacrado e acorrentado, para a escravidão.
    E não é que não estejamos vendo quem nos escraviza! Estamos vendo uma borra concentrada da pior laia da própria espécie, uns 0,03% da raça humana, como autores e executantes dessa escravização mediante a motivação a todos para escravizarem.”

    ISSO É A POLÍTICA ou a continuação da guerra por outros meios.

    Afinal a guerra é a forma de IMPOR nossa VONTADFE aos demais. Como bem definiu Clausewitz, que inverteu os significados entre guerra e política.

    QUANDO:

    – Os pobres querem explorar os ricos, os pobres permanecem pobres.
    – Os ricos ficam espertos.
    – Os espertos ficam ricos.

    Curtir

Comentário ao artigo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s