Eleições Americanas & Mercado Financeiro

por André Gordon

Os mercados internacionais seguem bastante líquidos, ainda que apreensivos quanto aos resultados das eleições nos Estados Unidos. O risco político, inclusive, contribuiu para postergar, por mais uma reunião, a provável elevação na taxa básica de juros. A vitória da Sra. Clinton é vista como positiva para os mercados. Ela tem o apoio de boa parte do sistema. Já o empresário Donald Trump é considerado como alguém de fora e, como tal, um agente de incertezas.

Temos uma visão um pouco diferente. Concordamos que de fato uma vitória do candidato republicano traria consigo um componente maior de incerteza, porém, acreditamos que em poucos dias essa incerteza cederá espaço para a tranquilidade de ter um presidente capitalista novamente à frente na Casa Branca.

Já a vitória da candidata democrata, daria continuidade às políticas do atual presidente, não havendo, portanto, descontinuidades. Por outro lado, daria sequência a adoção de políticas de caráter mais distributivas pelo Estado, trazendo os EUA para um caminho mais parecido com aqueles trilhados por diversas das economias europeias e cujos resultados negativos tardaram, mas não deixaram de aparecer.

André Gordon é sócio-fundador e responsável pela gestão de recursos na GTI Adm. Rec. LTDA, empresa que conquistou o primeiro lugar no ranking de fundos de investimentos no primeiro semestre desse ano, conforme explicado pelo próprio autor nessa entrevista à Folha de São Paulo.


 

Comentário ao artigo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s