Barack Obama Estimula Imigrantes Ilegais a Votarem

 


Em entrevista a um canal do Youtube voltado ao público latino, o socialista pró-muçulmano Barack Obama estimula os imigrantes ilegais do país a irem votar no dia das eleições, afirmando que o ato de votar não fará com que o serviço de imigração possa identificar e localizar o imigrante ilegal. Trata-se de um exemplo inequívoco em que presidente dos Estados Unidos comete o crime de estimular imigrantes ilegais a praticarem outro crime, que é o de votar sem que estejam legalmente habilitados para tal, o que configura um estímulo a fraude eleitoral.

A legislação americana, como de toda a democracia do mundo ocidental, assegura obviamente o direito de voto a seus cidadãos, naturais ou naturalizados, ou a estrangeiros legalmente residentes. Nenhum país do mundo concede direito de voto a quem atravessa ilegalmente suas fronteiras.

Durante a entrevista, com nítido viés chapa-branca, a apresentadora (a partir de 3:20) usa do eufemismo “pessoas sem documentos” para se referir aos imigrantes ilegais a quem ela chama de “cidadãos”, pois segundo a definição dela (endossada por parte de Barack Obama) esse ilegais devem ser considerados cidadãos pois “contribuem” para o país. Ela em seguida afirma que muitos desses supostos cidadãos (ou seja, imigrantes ilegais) têm receio de votar pois temem serem identificados pelo serviço de imigração, e pergunta a Obama o que ele pensa disso.

A resposta de Obama à pergunta é categórica: ele diz que não, que os ilegais não têm porque ter medo de votar, pois na hora de votar o indivíduo é “cidadão de si mesmo” e usa do argumento do sigilo do voto para assegurar que a condição de ilegal não será descoberta pelas autoridades imigratórias. Quando perguntado novamente sobre esse temor dos imigrantes ilegais, Obama afirma que a origem desse temor se deve a uma suposta campanha que estaria desencorajando as pessoas a votar.

Trata-se de um flagrante incentivo a fraude eleitoral, e que corrobora as inúmeras denúncias de fraude que vem marcando essa eleição. Uma dessas denúncias mais bem elaboradas foi apresentada por Hans von Spakovsky, membro da Heritage Foundation e dirigente de uma entidade que advoga pela reforma da legislação eleitoral norte-americana. Em entrevista por áudio ao site BreitBart, que pode ser ouvida na íntegra em inglês nesse link, Hans von Spakovsky lista as várias situações documentadas de fraude eleitoral que envolvem desde a inscrição de imigrantes ilegais até ocorrências em que uma mesma pessoa vota dezenas de vezes no lugar de pessoas falecidas.

Em uma situação de normalidade institucional, Barack Obama seria imediatamente interpelado por essa entrevista, onde ele comete o crime de estimular fraude eleitoral, e sofreria processo de impeachment. Mas parece que assim como no Brasil, também nos Estados Unidos, após anos de domínio da esquerda no aparelho de estado, o chamado funcionamento normal das instituições é apenas uma miragem para os incautos.


 

7 comentários sobre “Barack Obama Estimula Imigrantes Ilegais a Votarem

  1. Quem redigiu este artigo… Ou é mal intencionado ou NAO sabe nada de ingles …
    A materia inteira está traduzida erradamente! C’mon!…
    Aqui por Constituição, ”apenas” votam para presidente, “cidadão” ameircano… NINGUEM MAIS !
    Nunca “estrangeiros legalmente residentes” VOTARAM!
    NUNCA!
    Eu ja fui estrangeira legalmente residente, e NUNCA pude votar… Somente comecei a participar das eleições qdo tornei-me cidadã!
    Ainda que você seja um residente permanente, não pode votar em “eleições limitadas a cidadãos dos EUA”, como a eleição presidencial, por exemplo
    Você até pode votar em algumas eleições locais e estaduais que não exigem a cidadania dos EUA… mas sao raros casos…
    Nao escrevam sobre o que nao sabem!

    Curtir

    • Ouça o video linkado no artigo e aponte onde ha erro de tradução. Nao ha erro algum, voce sequer ouviu o audio suponho. O onde no texto está escrito que estrangeiro vota em eleiçao federal? Te convido e te desafio a ouvir o video entre 3:20 e aprox. 6:30 e mostrar onde erramos.

      Curtir

  2. Pingback: Várias Denúncias de Fraudes em Favor de Hillary Clinton | Crítica Nacional

  3. Pingback: lde-20161106 | News Archive

  4. Pingback: lde-20161106-ed | News Archive

Comentário ao artigo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s