Urgente: Rebeldes Iemenitas Pró-Irã Atacam Frota Americana no Mar Vermelho

Rebeldes iemenitas da facção Ansar Allah, controlados diretamente pela Guarda Revolucionária Iraniana, estão recebendo armamento pesado de Teerã, incluindo mísseis de médio alcance capazes de bloquear o acesso ao Mar Vermelho a partir do Canal de Suez. Dentre os armamentos recebidos pelos rebeldes iemenitas estão os mísseis Scud D de 800km de alcance, o que corresponde a mais de dez vezes a largura do Mar Vermelho entre as costas da península arábica e o continente africano. Em agosto desse ano, o Irã havia se comprometido formalmente com o governo do presidente Barack Obama de não mais fornecer armas aos rebeldes iemenitas. Mas os serviços de inteligência mostram que esse fornecimento prossegue.

O poderio bélico que o Irã ostenta hoje é resultado direto da política externa pró-islâmica do socialista Barack Obama e de sua ex-secretária de Estado Hillary Clinton. Obama empreendeu esforços para a obtenção de um acordo que permitirá ao Irã se tornar uma potência nuclear em até dois anos. Esse acordo possibilitou o fim das sanções econômicas à ditadura muçulmana persa, o que resultou numa imediata enxurrada de bilhões de dólares no país. Esses recursos estão sendo usados pelo regime dos aiatolás para fomentar o terrorismo muçulmano pelo mundo e para armar milícias jihadistas no Oriente Médio, como os rebeldes iemenitas, que estão usando de armas fornecidas pelo Irã para atacar as forças militares americanas na região.

No início desse mês, os rebeldes iemenitas pró iranianos atacaram uma embarcação da marinha dos Estados Unidos cedida aos Emirados Árabes Unidos. Em resposta, os americanos deslocaram os destroyers USS Mason e USS Nitze e USS Patrot para a região. A presença desses destroyers não intimidou os rebeldes iemenitas, que lançaram os primeiros misseis contra a frota americana no dia 9 desse mês, sem causar baixas. Foi o primeiro ataque de um grupo jihadista iemenita pró-iraniano contra a marinha americana de que se tem notícia. Na noite dessa quarta-feira, no fuso horário local, um segundo ataque iemenita foi realizado contra a frota americana, tendo por alvo o destroyer USS Mason. Fontes da marinha americano informaram não ter havido baixas.

Os episódios são o resumo da política externa macabra do muçulmano socialista Barack Obama: empreender todos os esforços para que teocracias muçulmanos possam ter acesso a recursos e armas para, entre outros, atacar as forças armadas americanas em qualquer lugar mundo. Obama, assim como Hillary Clinton, é um traidor dos Estados Unidos.

Com conteúdo de DebkaFiles.



O livro Geopolítica Contemporânea: Desconstrução de Narrativas da Esquerda Globalista, de autoria do editor do Crítica Nacional pode ser adquirido nesse link aqui  com desconto.



 

Comentário ao artigo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s