Venezuela: Crise na Saúde Pública Traz de Volta Doenças Já Erradicadas

por Carla Bavaresco
A crise política na Venezuela é severamente sentida na área da saúde. Os hospitais estão em situação precária, faltando medicamentos, equipamentos médicos, materiais de higiene e alimentos apropriados. O número de mortos por enfermidades é alto e crescente. Pacientes em estado grave padecem com dores, os recém-nascidos não recebem os cuidados necessários e há cortes de luz e água frequentemente. Nos últimos meses, o país vem enfrentando, também, surtos de sarna, barriga d‘água, malária, disenteria, coqueluche e agora a difteria. Todas, doenças que já haviam sido erradicadas do país. Não há tratamento ao alcance de todos. Algumas pessoas já buscam alternativas caseiras e há casos de pessoas contaminadas com escabiose (sarna) tomando remédios de uso veterinário.

A população do Estado Bolívar, região sudeste da Venezuela, foi abatida por uma epidemia de difteria na última semana, doença contagiosa que pode atingir um índice de mortalidade de 50%, caso não seja tratada. Pequenos povoados como Cuchivero, onde os casos de difteria se multiplicam, não possuem qualquer meio de atendimento médico, já que os postos de saúde estão abandonados nestes locais. É necessário o deslocamento até a capital, Ciudad Bolívar, que pode durar cerca de 5h de viagem, com os pacientes sem tratamento e, geralmente, com febre muito alta e correndo risco de vida.

Os Deputados da Assembleia Nacional denunciam a situação, solicitam auxílio para controlar o cenário de escassez de medicamentos em Bolívar e aproveitam para exigir mudança através do Referendum Revocatório Presidencial e eleições regionais. No vídeo abaixo, o médico e deputado venezuelano oposicionista José Manuel Olivares descreve a precariedade das condições da saúde pública venezuelana e como isso tem afetado de maneira dramática a vida das pessoas, especialmente as mais pobres.



Carla Bavaresco é brasileira, professora e preocupada com o momento histórico do Brasil e seus países vizinhos.


O livro Geopolítica Contemporânea: Desconstrução de Narrativas da Esquerda Globalista, de autoria do editor do Crítica Nacional pode ser adquirido nesse link aqui  com desconto.


 

Um comentário sobre “Venezuela: Crise na Saúde Pública Traz de Volta Doenças Já Erradicadas

  1. Onde está a ONU, OEA?
    É impressionante o descaso com o estado de deterioração da combalida Venezuela.
    Enquanto isso a idiotia, dos mais diversos modos, uma epidemia mundial, se mostra mais preocupada com os animais do que com humanos. Não que aqueles não mereçam a nossa atenção.

    Curtir

Comentário ao artigo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s