Um Domingo de Terror Muçulmano na Alemanha

O domingo foi marcado por dois atos de terrorismo muçulmano em território alemão. Na noite de domingo, um muçulmano suicida carregando explosivos no corpo provocou uma explosão num local onde estava havendo um evento de música, na cidade de Ansbach. Inicialmente havia suspeita de explosão acidental causada por vazamento de gás. Posteriormente, constatou-se que se tratava de uma explosão causada por dispositivo de detonação.

Hoje pela manhã confirmou-se que foi um atentado terrorista islâmico praticado por um muçulmano sírio a quem havia sido negado o pedido de asilo como refugiado. A pergunta óbvia a se fazer era porque o terrorista muçulmano ainda estava em território alemão já que seu pedido de asilo de refugiado havia sido negado. Havia mais de duas mil pessoas no local no momento da explosão e dezenas ficaram feridas, quatro delas em estado grave.

Um pouco antes, ainda no domingo, ocorreu outro atentado muçulmano, dessa vez na cidade de Reutlingen. Um muçulmano também de origem síria atacou e matou com um facão uma mulher polonesa que estava grávida. Além de assassinar a mulher, o criminoso feriu outras duas pessoas e estava disposto a atacar outras, quando foi contido por um motorista que, vendo a cena de ataque, lançou seu carro contra o terrorista e o conteve até a chegada da polícia. O ataque foi feito em uma lanchonete. O criminoso muçulmano havia entrado no país como suposto refugiado sírio há cerca de dois meses.

A polícia da cidade, seguindo a determinação cínica e enganadora da elite política de esquerda que governa o país, afirmou não haver em princípio vínculos conhecidos entre esse criminoso muçulmano e algum grupo terrorista. Uma afirmação que serve apenas para tentar esconder um dado da realidade que está gritando aos olhos de quem quiser ver: um muçulmano não precisa estar formalmente vinculado a grupos terroristas para praticar assassinatos e outras ações terroristas. Um muçulmano quando esfaqueia ou se explode e mata ou quando estupra o faz pelo fato de ser muçulmano, pois é isso que o corão o obriga a fazer.

Os criminosos governantes socialistas do continente europeu mentem para a população quando alegam ausência de vínculos formais entre criminosos muçulmanos e grupos terroristas para tentar descaracterizar a natureza terrorista muçulmana dos crimes quase diários que ocorrem no continente europeu. Ao tentarem atribuir tais ações a lobos solitários ou pessoas mentalmente desequilibradas, os governos socialistas do continente estão apenas tentando salvar um dos maiores engodos já criados pela esquerda nas últimas décadas, que é o chamado multiculturalismo.

O multiculturalismo não existe como realidade na vida de uma sociedade. O que existe e o que ocorre hoje em solo europeu é um choque de civilizações, onde uma civilização culturalmente e moralmente superior, a civilização europeia herdeira da tradição judaico-cristã, está sendo atacada a partir de seu interior por uma civilização inferior, culturalmente atrasada e obscurantista, moralmente brutalizada e brutalizante, representada pela cultura muçulmana. Um choque criado de maneira deliberada e calculada pela esquerda marxista que, assim como os obscurantistas muçulmanos, deseja ver o fim da civilização ocidental.

Nota: Nossos agradecimentos a Claudia Wild que nos trouxe informações em primeira mão diretamente da Alemanha durante o desenrolar dos acontecimentos.


Anúncio_C2

3 comentários sobre “Um Domingo de Terror Muçulmano na Alemanha

  1. Pingback: A Imprensa Internacional Protege Terroristas Islâmicos | Crítica Nacional

  2. A Europa deixou entrar muçulmanos em doses industriais, principalmente os governos de esquerda. Agora estão pagando muito caro por esse errro pois a sub-cultura muçulmana é retrograda, vivendo no tempo de Maomé, o pedofilo.

    Curtir

  3. Suspeito d propaganda subliminar para calar a razão d estar livre dessa massa retrógrada…ter humanidade, sim…ser vítima d loucos desvairados, não ! Mesmo q uma minoria seja a q leva as orientações do pedófilo ao pé da letra, a sociedadenão se pode permitir ficar vulnerável !

    Curtir

Comentário ao artigo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s