Outro Ataque Muçulmano na Alemanha

146

Um muçulmano afegão atacou com um machado várias pessoas em um trem na cidade de Wurzburg, no estado da Bavária, na Alemanha, na noite dessa segunda-feira. Após o ataque criminoso islamita fugiu da cena do crime a pé, fazendo com que polícia da cidade mobilizasse esforços, inclusive helicópteros, para efetuar as buscas. O criminoso foi finalmente localizado e morto a tiros pelas forças policiais no subúrbio de Heidingsfeld. Tratava-se de um suposto refugiado afegão de cerca de dezessete anos.  A operação da linha de trem foi interrompida e não há notícias de mortes entre os feridos.

O ministro do interior do estado da Bavária referiu-se ao criminoso muçulmano como “refugiado”, ignorando ou ocultando o dado elementar da realidade de que refugiados que realmente necessitam de ajuda humanitária não saem tentando matar pessoas a machadada nos países que os acolhem. É importante ter claro que os governantes de esquerda europeus têm feito em termos de imigração não é uma política de ajuda humanitária a quem realmente necessita de abrigo.

O que a esquerda europeia tem feito é uma obra de engenharia social ideologicamente motivada: abrir as portas do continente para a entrada de invasores muçulmanos cujo objetivo não é buscar refúgio e muito menos se integrar à sociedade europeia. O objetivo é modificar essa sociedade por dentro por meio do acirramento de conflitos e da criação de tensões sociais, de modo a solapar a estrutura social por dentro seu fundamentos, até que ela venha a ruir e a partir dessas ruinas a esquerda possa dar o passo seguinte em sua ambição socialista hegemonista e autoritária.

É disso que se trata a política imigratória europeia imposta à força aos europeus pela elite da esquerda globalista que governa o continente em estreita relação de interesses econômicos e ideológicos com o mundo muçulmano. Os atos de violência e de terrorismo praticados por muçulmanos no continente não são fruto de uma suposta incompetência das polícias locais, como costumam afirmar certos veículos da imprensa brasileira, em particular O Antagonista, um blog que costuma exibir sua vasta ignorância e estupidez políticas ao tratar desse tema.

O terrorismo muçulmano em solo europeu não decorre de falhas de segurança. Ele é o resultado esperado de uma política deliberada, implementada com esse propósito, pela esquerda que governa o continente. E essa ameaça terrorista islâmica somente será eliminada quando os europeus eliminarem a sua verdadeira causa: a esquerda globalista que há décadas domina o continente.


Anúncio_C2

Um comentário sobre “Outro Ataque Muçulmano na Alemanha

  1. Xenofobia ou preservação?
    IVALDO ROLAND·TERÇA, 19 DE JULHO DE 2016
    O fomento russo e a nova invasão mulçumana. Quem mais tem interesse no caos europeu sob terror? Tem mulçumano entrando na Russia como na Europa? Como se comportam na Russia ou outro pais, India ou Coreias?
    Quem era mesmo que defendia o apoio ao islamismo na Europa contra os CIDADAOS DO LUGAR, xenófagos desumanos e retrógrados?
    O mesmo se verifica em paises islamicos, ha protestos de imigrantes reivindicando o que quer que seja? Por que tanta tolerancia com quem trama contra cidadaos nativos que os acolhe? Que países mulçumanos estão a receber grandes levas de islâmicos? Por que permitir tantas mesquitas quando em seus paises de origem atacam cristao e nao se permitem ou destroem igrejas?
    A Europa perderá seu espaço, sua cultura e sua identidade.
    Basta já ver seus times de futebol. Da Fança, por exemplo.
    Quando a Europa preparava Cristóvão Colombo para descobrir o novo mundo, a Espanha retomava seus territórios dos invasores mulçumanos, repondo a cruz cristã do topo das edificações governamentais ou igrejas.
    Agora estão prestes a rever outra vez o inverso! A lua e a estrela do Islã no alto e a Sharia ultramedieval nas ruas!
    El Cid não sobreviverá!

    Curtir

Comentário ao artigo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s