Ativismo Judiciário em Ação: Supremo Manda Soltar Paulo Bernardo

O ministro Dias Toffoli do STF mandou soltar Paulo Bernardo, ex-ministro do governo petista e figura central nos esquemas corrupção e de aparelhamento do estado promovido pelo projeto criminoso de poder que se apossou do país nos últimos anos. A decisão do integrante da suprema corte está em linha com a vocação para o ativismo judiciário que tem pautado a atuação da instância máxima da justiça brasileira, como temos enfatizado em artigos recentes.

Da mesma forma como temos enfatizado que o país caminha perigosamente em direção a um estado de autoritarismo judicial, onde poder judiciário passa a atuar como agente e ator político que toma decisões não baseadas no princípio da observância do texto constitucional, mas com base na conveniência do jogo político no qual a suprema corte está tomando um lado: o lado representado pela agenda ideológica de esquerda que persiste e ainda está presente nas instituições de estado como delinquência institucional deixada pelos treze anos de petismo.

O mais impressionante é que não se observa nenhuma força política, exceto a direita conservadora, alertando para esse processo autoritário de judicialização da política nacional. Pelo contrário, o que vemos são figuras que até poucos meses atrás estavam na frente antipetista pelo impeachment, como o pseudoconservador Reinaldo Azevedo e os garotos propaganda tucanos do blog O Antagonista, apoiando tais medidas inconstitucionais tomadas pela suprema corte pelo fato de tais medidas terem um alvo bem definido: a direita política nacional. Esse e outros fatos reforçam necessidade premente de a direita brasileira começar a se organizar em nível nacional, como falamos nesse artigo aqui.


 

2 comentários sobre “Ativismo Judiciário em Ação: Supremo Manda Soltar Paulo Bernardo

  1. e tem mais para comprovar um ativismo absolutamente canalha e absurdo AO PONTO dos politiqueiros togados se fazerem LEGISLADORES.

    o STF BOLIVARIANO USURPA DESAVERGONHADAMENTE a COMPETÊNCIA do LEGISLATIVO!!!!

    O STF IMPÕE NOVA LEGISLAÇÃO:

    – Se não houver vagas nos presidios para manter os BANDIDOS EM SITUAÇÃO CONFORTÁVEL, estes deverão “cuprir” a pena SOLTOS ou em casa.

    É curioso isso, pois se um sujeito chamar um afrodescendente de “negão” será preso INAFIANÇÁVEL e com certeza, dependendo do ÁRBITRO JURÍDICO (sim, porque juiz deve julgar e no juduiciário se ARBITRA) o assaltante ficará em casa e o xingador ficará preso.

    Ademais, como será que vai vigorar esta IMBECILIDADE do STF?

    Para não haver vagas alguém estará cumprindo pena. Então quem for preso depois fará a alegação de falta de vagas. Então se irá liberar um preso ha mais tempo para dar vaga ao entrante????

    ABSURDO TOTAL!!!

    Aqueles que têm pena de 300 anos e já cumpriram 10 anos por assassinatos, sequestros e etc. serão soltos para que um sujeito que bebeu 3 latinhas de cerveja e foi dirigir (sem cometer qq crime contra quem quer que seja) fique preso.

    IMBECIS!!! …Os PULHAS do STF não passam de IMBECIS!!!!

    E o STF virou LEGISLADOR!!! …É A DITADURA PETISTA JUDICIÁRIA!!!

    ISSO SIM É DITADURA: 11 INDICADOS para o STF passam a LEGISLAR em BENEFICIO dos BANDIDOS AMIGOS. Sim, porque isso só vai levar a arbitrariedades legais embora ilegitimas. IMBECISSSS!!!! e SAFADOS!!!

    Curtir

Comentário ao artigo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s