Governo Temer: Realidade e Jogo de Aparências

A postura geral da imprensa diante do novo governo tem sido uma combinação que oscila entre a desinformação e incompreensão ante a sua natureza de um lado, ou simplesmente a adesão à agenda petista de outro, agenda essa que aposta, em vão, na inviabilização do governo para emplacar a tese de novas eleições esse ano. No caso da defesa dos interesse do petismo, a Folha de São Paulo se esmera, uma vez que o jornal é para todos os efeitos o porta-voz oficial da esquerda política e cultural no país.

Quando o governo enviou o projeto de lei de nova meta fiscal desse ano, o jornalista Vinícius Torres Freire, o esquerdista mais sofisticado e sutil da redação do jornal, publicou uma matéria sem pé nem cabeça atacando o projeto, que nada mais era que a consolidação de facto do rombo das contas públicas produzido pelo governo petista. O esforço propagandístico do militante de redação só não teve muita consequência pois o projeto foi aprovado no Congresso por ampla maioria.

Na quinta-feira da semana passada, o jornal publicou outra matéria falando de uma suposta crise no governo Temer que estaria levando alguns senadores a rever a posição em favor do impeachment. A matéria assinada por uma certa Thais Bilenky, mais parecia um press release preparado pelo diretório nacional do PT, tamanho grau de especulação e de tentativa de produzir, via matéria propagandística disfarçada de jornalismo, um cenário que não corresponde à realidade política do país. 

E até mesmo no campo antipetista, incluindo parcelas da direita conservadora, a tônica tem sido a desorientação alimentada também pela desinformação plantada por essa mesma imprensa. Exemplo disso foi a tolice disseminada a respeito do aumento para o funcionalismo federal e a suposta criação de milhares de novos cargos públicos federais, como se tivesse sido uma iniciativa do atual governo. A imprensa inteira, desde O Antagonista e Reinaldo Azevedo,  disseminou a contrainformação, por erro ou vontade deliberada.

O Antagonista ainda repetiu e reafirmou a informação errada em nota publicada hoje, complementada pela afirmação absurda de que a economia seria a fonte de descrédito do governo Temer(!), quando na verdade sabemos que é justamente na possibilidade de reversão das expectativas no campo econômico que reside o principal, e possivelmente único, patrimônio político do novo governo.

Não existiu criação de novos cargos e sim reestruturação de algumas funções na administração federal, e o aumento no funcionalismo já estava contemplado no projeto de meta fiscal deficitária prevista para esse ano. As concessões que o governo tem feito à esquerda são reflexo do fato de a esquerda estar, ela sozinha, fazendo a luta política contra o governo, enquanto que a direita conservadora se perde na ausência de entendimento da natureza do governo e de estratégia a ser seguida na era pós-impeachment, conforme já apontamos em artigos recentes.

O fato é que não existe crise no governo Temer. A crise de governabilidade existia durante o período recente da era petista, com efeitos desastrosos na economia. Continuamos com o entendimento de que o novo governo tem que ser apoiado por aqueles que foram às ruas pedir o impeachment. Óbvio que nenhum apoio é incondicional, e a cobrança e pressão que devem ser feitas, principalmente pela direita conservadora, devem vir na mesma medida em que essa direita seja capaz de colocar sua agenda na pauta política.

Mas a verdade é que a direita ainda não teve competência de trazer sua agenda para o debate político e nem está tendo inteligência o bastante para fazer a pressão sobre o novo governo, com base nessa agenda, sem ser confundida com a oposição de esquerda ao governo. Sejamos claros:  a única oposição real ao novo governo, e que faz sentido politicamente, é a oposição de esquerda. E quando setores de direita embarcam na nau oposicionista, estão involuntariamente fazendo o jogo de interesse da esquerda devido a ausência de estratégia de atuação.


 

4 comentários sobre “Governo Temer: Realidade e Jogo de Aparências

  1. Excelente artigo, em vez de ficarmos reclamando temos que colocar conranças pontuais ao governo Temer, cobranças estas ligadas a uma pauta liberal conservadora e aí sim fazer pressão de forma enérgica mas colocando claro o apoio

    Curtir

  2. Vale a pena refletir sobre os motivos do Socialismo (totalitarismo estatal) , ou esquerdismo, ser um sucesso ideológico apesar de ser um FRACASSO TECNICO e uma ABERRAÇÃO MORAL que SEMPRE causa MISÉRIA e MORTICINIO de INOCENTES INDEFESOS. SEMPRE! como nos mostra a HISTÓRIA:

    Alguém questiona o motivo de o Chile ter se tornado um excelente país, com as idéias econômicas um tanto liberais que vigoraram no Chile nas decadas de 70, 80 e 90, e após tal sucesso se ter rendido ao populismo corrupto da esquerda socialista:

    Essa é simples de responder.
    Simplesmente Pinochet NÃO FALAVA, ele só agia.

    O rebanho popular NÃO SABE PENSAR NEM JULGAR, mas apenas REPETIR feito papagaio.

    Esse é o erro e foi o erro de Pinochet que nem mesmo ESCLARECIA A POPULAÇÃO sobre o que rolava, não fazia discursos inflamados contra a URSS ou Cuba, não desconstruia as estorinhas fantasiosas da esquerda corrupta e PSICOPATA.

    Quem CALA PARECE CONSENTIR e a esquerda, que defende o PODER ABSOLUTO PARA HIERARQUIA ESTATAL ESCRAVIZAR A SOCIEDADE, não faz outra coisa senão BERRAR FRENETICAMENTE e promover badernas e arruzaças para depopis POSAR de VÍTIMA. Sim, as lideranças socialistas (Estado totalitário escravocrata) empurram para o sacrificio aqueles imbecis ideológicos, sobretudo os inseguros adolescentes ansiosos por OSTENTAREM-SE herois e guerreiros, a fim de esconderem até de si mesmo o PAVOR que sentem da VIDA ADULTA, pois que aterrorizados com a possibilidade do próprio fracasso.

    Imbecis ideológicos = aqueles que se ostentam defensores de FINS CONSAGRADORES com o objetivo de se FANTASIAREM de “pessoas maravilhosas” ou “guerreiros das boas causas”.

    Para estes imbecis NÃO IMPORTA A VERACIDADE da IDEOLOGIA, mas apenas a OPORTUNIDADE que esta lhes dá de se OSTENTAREM MORALMENTE SUPERIORES.
    É a VAIDADE misturada à inseguranças ou consciência da própria irrelevância que move os IMBECIS IDEOLÓGICOS para FANATIZAREM-SE na CONSTRUÇÃO de suas APARÊNCIAS a fim de ESCONDEREM aquilo que imaginam a própria ESSÊNCIA. Daí não se importarem com a REALIDADE e se entregarem HISTÉRICOS ao FRENESI IDEOLÓGICO da ALGAZARRA GRUPAL que tenta superar a realidade.

    Ou seja, a ESQUERDA, que apenas defende o TOTALITARISMO ESTATAL, é mestre no BERREIRO e na PROPAGANDA MORAL, por mais paradoxal que seja. Afinal o esquerdismo é uma DOENÇA MENTAL provocada pela VAIDADE EXAGERADA, que faz o infectado só pensar em como EXIBIR-SE em APARÊNCIA até para si mesmo. Assim, TENTA MOLDAR-SE À PROPAGANDA MORAL ou a mais BARULHENTA PROPAGANDA SOBRE o VALOR MORAL do indivíduo.

    EIS AÍ A RAZÃO da VITÓRIA da ESQUERDA apesar das efetivas CONTRADIÇÕES de seu BESTEIROL IDEOLÓGICO. Então combatido com a HISTERIA e a BARULHEIRA, captando a atenção VISUAL e AUDITIVA para suplantar a ANÁLISE REFLEXIVA.

    Daí que guerrilheiros assassinhos e adoradores de Che Guevara, Fidel, Lenin, Stalin, Pol Pot e etc., NEM MESMO CORAM AO ALARDEAREM-SE “guerreiros da democracia” e “almas caridosas”, com mais de cem milhões de vítimas INDEFESAS e em TEMPOS de PAZ, nas costas.

    SÃO MANÍACOS que se entregam à HITERIA IDEOLÓGICA COLETIVA!!!

    Essa propaganda moral histericamente repetida e nunca contestada por Pinochet é que produziu o sucesso do esquerdismo chileno.

    Essa é a RESPOSTA!

    Curtir

  3. Aliás, com a tal “Comissão da Verdade”, muitos militares andaram reclamando que o PT escondia os arquivos da ditadura. Muitos foram os militares e simpatizantes que pediram para que se abrisse TODOS os arquivos da época da ditadura e não apenas os de interesse da esquerda.

    PERGUNTO EU:

    E por que os militares quando tinham o Poder e os arquivos NÃO OS ABRIRAM PARA A POPULAÇÃO.
    Eles mesmos, interessados no Estado de Corrupção amparadop por ideias socialistas, NEGARAM À POPULAÇÃO à VERDADE. Agora, quando a Esquerda a distorce pela inépcia deles mesmos, não menos corruptos que os maníacos ideológicos, querem reclamar DO QUÊ????

    Curtir

  4. Aproveito para aqui postar, se me permite, um cometário no Blog do Aluizio que reputo de EXTREMA IMPORTÂNCIA e que deveria ser divulgado ao máximo:

    ” Anônimo Cactus disse…

    .
    A coisa é tão maquiavélica, que obtive de fonte fidedigna, ou seja de um ex-funcionário, que trabalhava como segurança no Centro Cultural do Banco do Brasil, no centro de São Paulo, que o prédio possui uma câmera no elevador interno. Até ai nada de mais, é algo muito comum, embora eu nunca aceitei essa intromissão, porém esta câmera é oculta e fica atrás do espelho, nem mesmo as ascensoristas e demais funcionários de baixo calão sabem. Como se não bastasse, existe ainda um microfone também oculto.
    .
    Ele me disse que ali passam pessoas de muita importância e tudo que é visto passa a ser relatado aos superiores.
    .
    Disse ainda que o fato das ascensoristas não saberem, muitas vezes são pegas sozinhas se arrumando, mexendo nos sutiãs, roupas de baixo etc. Só para se ter uma noção da coisa.
    .
    Mas o pior é a espionagem neste país das falcatruas. O povo precisa saber”

    Curtir

Comentário ao artigo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s