Dilma decide perder a oportunidade de ficar calada

 

061

O noticiário dessa sexta informa informa que Dilma pretende fazer um pronunciamento público ao país hoje à noite em rede de rádio e televisão. Não sabemos ainda o conteúdo do pronunciamento, mas o melhor para o país seria que ela anunciasse a sua renúncia, o que seria o único gesto em benefício da nação que a ainda presidente poderia tomar nesses cinco anos e três meses em que ocupa a presidência.

Mas acreditamos que infelizmente ela não renunciará, em virtude de sua falta de grandeza e dignidade, que é confundida com coragem e valentia do coração segundo a ótica da moralidade do nível de sarjeta de uma militante comunista e ex-terrorista. A despeito disso, a derrota acachapante que o governo ditatorial petista sofreu ontem na suprema corte nos sugere deixar aberta essa possibilidade de renúncia por razões de pragmatismo político e redução de danos por parte da escória petista. Mas caso não anuncie sua renúncia, o mais provável é que Dilma adote uma das duas alternativas:

a) A ainda presidente poderá radicalizar seu discurso, repetindo a ladainha de que está sendo vítima de um golpe e com isso se isolar ainda mais no cenário político, e incentivar direta ou indiretamente os atos criminosos de delinquência e vandalismo que as milícias petistas estão promovendo por desespero em diversos pontos do país.

b) Ela poderá tentar sugerir algum tipo de solução negociada ou de pacto com as mesmas forças políticas que ela e os demais petistas têm chamado de golpistas e traidores, numa tentativa vã de assegurar a permanência da esquerda, seja na sua versão petista ou marinista, no poder a qualquer custo ainda que com algumas concessões. Dentre estas soluções propostas poderá estar até mesmo uma que não está prevista no texto constitucional: a convocação de eleições presidenciais antecipadas.

Seja qual for a linha adotada em sua fala, tanto uma como outra não surtirá efeito algum. Dilma já não tem mais autoridade política nem moral para propor negociação alguma, nem as milícias de seu partido têm força o bastante para “incendiar o país”, como eles já ameaçaram explicitamente de fazer. Dentro do quadro político que se configurou nos últimos dias, não há nada que Dilma e os petistas possam fazer para salvar seu mandato. A única coisa que Dilma pode fazer, além de renunciar, é aguardar o recebimento do comunicado oficial de seu afastamento da presidência da república, nos termos previstos pela Constituição Federal que ela e seu partido tanto desprezam.


PANELAÇO HOJE ÀS 20HS. DOMINGO DIA 17 TODOS NAS RUAS PELO IMPEACHMENT


 

001 Anuncio Ate 06 Maio 2016

2 comentários sobre “Dilma decide perder a oportunidade de ficar calada

  1. Pingback: Michel Temer parte para ofensiva em resposta às calúnias de Dilma | criticanacionalespecialimpeachment

Comentário ao artigo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s