O discurso de Temer e a busca por pêlo em ovo

 

O Antagonista confirmou em primeira mão que o discurso de Michel Temer foi vazado acidentalmente pelo próprio. O áudio com íntegra do discurso pode ser ouvido nesse link aqui. A divulgação desse discurso, ainda que acidentalmente, deve ser vista como um fato positivo em favor do impeachment. Em primeiro lugar porque Michel Temer faz o diagnóstico correto, embora usando termos mais diplomáticos e formais, da necessidade de pôr um fim à onda de violência política que a delinquência petista está incentivando pelo país, ante à iminência da derrota do projeto de poder socialista e criminoso que se apossou da nação.

Em seguida, ele se refere à inevitável mudança positiva no cenário econômico que advirá das mudanças de expectativas com o fim do governo petista. Isso nada mais é do que a reafirmação de um consenso entre agentes econômicos: a crise porque passa a economia do país tem nome e se chama Dilma Rousseff e o descrédito que sua permanência no poder acarreta. Somente sua saída da presidência poderá abrir um cenário de superação dessa crise.

Temer também acerta ou assumir o compromisso de manutenção dos chamados programas sociais, ainda que saibamos muito bem para que tais programas serviram e servem ao longo da era petista: servem para garantir que os pobres continuem na pobreza, alçada à condição de pobreza estatizada, ao mesmo tempo em que se tornaram cativos de um curral eleitoral destinado a dar a suposta sustentação social a um projeto de poder político socialista autoritário e antidemocrático. Essa gigantesca e corrupta estrutura de programas sociais, iniciada no governo Fernando Henrique Cardoso e continuada pelo petismo, afeta materialmente a vida de milhões de famílias pobres, que continuam pobres justamente por causa desses programas.

Portanto, qualquer mudança nessa estrutura terá que ser feita com a habilidade política necessária para não dar aos petistas e seus sucedâneos o pretexto para fazer aquilo que todo socialista mais sabe fazer, além de roubar: mentir para os pobres e coloca-los a seu serviço como massa de manobra para seus projetos de poder de cunho ideológico autoritário. A própria história do moribundo petismo se resume essencialmente a essa mentira e a essa manipulação,  que ao longo dos anos foram endossadas pela elite de esquerda.

De resto, Temer conclui seu discurso dizendo aquilo que se espera nesse momento político: que seu governo será de unidade nacional, pois nem poderia ser de outra forma. A divulgação involuntária do áudio, supondo que foi de fato involuntária, foi positiva pois serve para sinalizar um contraponto de racionalidade, além do sempre bem-vindo respeito ao idioma e à lógica, aos latidos de cão raivoso com que os petistas e a própria ocupante da presidência têm contaminado o ambiente político nacional.

Portanto, não faz o menor sentidos certas pseudoanálises que estão circulando em alguns veículos, como a de Dora Kramer no Estadão, afirmando que a divulgação desse áudio seria prejudicial a Temer, pois serviria para dar respaldo ao discurso petista de que estaria havendo uma conspiração para remover Dilma do poder. É preciso muita ingenuidade ou muito cinismo para dar algum valor a suposições conspiracionistas por parte do petismo. Analista que usa dessa linha de raciocínio está simplesmente procurando pêlo em ovo enquanto se faz isento, para ao fim e ao cabo sair em defesa, ainda que sutil e disfarçada, do moribundo governo petista. E foi isso que Dora Kramer fez.

001 Anuncio Ate 06 Maio 2016


O Jornal Crítica Nacional depende somente de seus leitores para se manter
Colabore e clique aqui para fazer uma assinatura de contribuição para o jornal

Comentário ao artigo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s