Comandante da Força Nacional de Segurança Renuncia e Acusa Dilma de Inescrupulosa

028

O comandante da Força Nacional de Segurança, coronel Adilson Moreira, pediu demissão do cargo de comando e enviou comunicado aos seus subordinados acusando o governo, incluindo a ainda presidente Dilma, de falta de escrúpulos e de não atender aos interesses do país. A iniciativa do agora ex-comandante da força é inédita, pois em que pese o acirramento da crise política, não havíamos visto até o presente momento um oficial chefe militar, das forças armadas ou das polícias militares, fazer um ataque e uma acusação tão direta e sem rodeios ou meias palavras ao governo, e em particular diretamente à figura da própria presidente.

Não se tem conhecimento ainda do fato específico que teria desencadeado essa iniciativa do Coronel Adilson Moreira. O que se pode conjecturar é que, dado o estado de delinquência institucional que o moribundo governo petista e a sempre patética e ainda presidente Dilma instalaram na vida pública nacional, é possível que a atitude do ex-comandante tenha sido motivada por alguma orientação de procedimento que lhe tenha sido dada pelos seus superiores hierárquicos do Ministério da Justiça, e que tal orientação tenha lhe provocado o conflito ético, que ele menciona textualmente em seu comunicado, que precipitou sua saída. No âmbito de uma corporação militar, o conflito ético a que se refere o coronel pode muito bem estar relacionado a um conflito entre obrigação de se observar e respeitar a hierarquia e a disciplina de um lado, e objeções morais e de consciência de outro, ante a obrigação de cumprir determinada ordem.

A Força Nacional de Segurança foi criada em 2004 e é composta por policiais militares das unidades da federação. Seu objetivo declarado é fazer parte das ações do governo federal na esfera da segurança pública, que é de responsabilidade dos estados. Isso é o que está no papel. Mas o real objetivo do governo socialista petista ao criar a FNS, cuja própria legalidade de sua existência já foi contestada, foi criar uma guarda pretoriana de sua estrita confiança nos moldes do que se tornou a Guarda Nacional Bolivariana, a polícia política da ditadura socialista venezuelana, que só no ano passado matou dezenas de civis que protestavam contra o regime do ditador Nicolas Maduro.

Ao mesmo tempo em que governo petista procurava consolidar sua própria polícia política bolivariana, petistas e seus agentes na imprensa e no meio acadêmico se encarregavam, e ainda se encarregam, de atacar e demonizar as polícias militares dos estados, valendo-se até mesmo de lobbies e ingerência de entidades da esquerda globalista internacional como a ONU e Anistia Internacional e outras, que defendem explicitamente o fim da polícias militares dos estados.

O fato é que o socialismo petista felizmente parece ter fracassado em sua tentativa de aparelhar as Forças Armadas, que foram humilhadas de todas as formas durante esses anos, como ficou evidenciado durante o circo e a farsa revanchista montadas sob o nome de Comissão da Verdade. E aparentemente fracassou também na tentativa de criar sua própria polícia política a serviço de seu projeto de poder criminoso socialista e antidemocrático. O episódio emblemático envolvendo a saída e as denúncias do ex-comandante da Força Nacional de Segurança pode ser um dos indicativos desse fracasso.


O Jornal Crítica Nacional depende somente de seus leitores para se manter
Colabore e clique aqui para fazer uma assinatura de contribuição para o jornal

Um comentário sobre “Comandante da Força Nacional de Segurança Renuncia e Acusa Dilma de Inescrupulosa

  1. Soldados e militares de todos os matizes e patentes peço que antes de se voltar contra a população pensem que vcs também são brasileiros e seu dever maior não é defender o País de governos corruptos e políticos golpistas e esquerdistas mas de defender nossas fronteiras e divisas contra eventuais ataques externos e a
    o povo hoje desarmado.

    Curtir

Comentário ao artigo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s