A ONU sai em defesa de Dilma e isso não é surpresa

021

Não há porque se surpreender com a declaração dada essa semana por uma certa ONU Mulheres Brasil, uma entidade associada à ONU que saiu em defesa de Dilma. A ONU, bem como suas agências e entidades afiliadas, não passa de uma gigantesca ONG corrupta controlada por antissemitas, por ditaduras socialistas do terceiro mundo, por teocracias muçulmanas, bem como por burocratas esquerdistas europeus e americanos, todos a serviço da agenda globalista da esquerda. Uma entidade ligada à ONU sair em defesa de Dilma é, portanto, consistente com a natureza corrupta e esquerdista de ambas e não deve ser motivo de surpresa.

O que é necessário e importante compreender é que a ONU não foi criada para ser um fórum multilateral isento de viés ideológico, destinado a viabilizar o concerto entre as nações em busca da paz e do equilíbrio mundial com base no consenso e no diálogo. Esse fraseado florido repetido e reverberado por ingenuidade, e muitas vezes por cinismo, por parte da imprensa mundial e pelo meio acadêmico, serve apenas para ocultar a real natureza da mãe de todas as ONG’s da esquerda globalista internacional.

000 Anuncio Template

A ONU foi criada tão somente para ser o embrião de um projeto de governo em escala global, para reduzir até eliminar por completo a soberania dos estados nacionais (sendo o open borders apenas um capítulo desse item da agenda) e substitui-la por um ordenamento jurídico e político internacional elaborado por burocratas que não precisam prestar contas a eleitores a respeito de suas ações.
E esse projeto é levado adiante seguindo a agenda ideológica da esquerda na sua íntegra, por meio de programas e diretrizes que incluem ideologia de identidade de gênero, criminalização das polícias e vitimização de criminosos, feminismo, ambientalismo e a idiotice do aquecimento global, desarmamento da população civil, demonização da herança cultural judaico-cristã e defesa intransigente do islamismo, bem como abortismo e diversas formas de eugenia camufladas sob o falso e inexistente problema da superpopulação mundial, entre outros.
Em breve daremos início a uma série de artigos dissecando a real natureza da ONU e suas entidades associadas, incluindo a OMS e Unicef e outras, para mostrar que suas políticas e diretrizes se inserem unicamente num projeto político ideológico esquerdista de escala global e que atenta contra a democracia, a liberdade e os reais direitos humanos que prezamos e defendemos.

O Jornal Crítica Nacional depende somente de seus leitores para se manter
Colabore e clique aqui para fazer uma assinatura de contribuição para o jornal

7 comentários sobre “A ONU sai em defesa de Dilma e isso não é surpresa

  1. Pingback: A ONU sai em defesa de Dilma e isso não é surpresa | Mídia Pop Brasil

  2. Excelente! A essência da ONU é exatamente essa: “eliminar por completo a soberania dos estados nacionais e substitui-la por um ordenamento jurídico e político global elaborado por burocratas que não precisam prestar contas aos eleitores”. Mas a questão do controle populacional também conta sim, tá!

    Curtir

Comentário ao artigo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s